“A proposta da WSA Audiology foi sinal de reconhecimento do meu trabalho”

Imagem da notícia: “A proposta da WSA Audiology foi sinal de reconhecimento do meu trabalho”

A ÓpticaPro conversou com Helena Ornelas a propósito do novo desafio que abraçou recentemente: desenvolver a comercialização das marcas de aparelhos auditivos da WSA Audiology em Portugal.

“Num ano de grandes obstáculos para todos, receber uma proposta da WSA Audiology para desenvolver a comercialização das marcas de aparelhos auditivos alocadas ao canal da distribuição em Portugal foi sem dúvida sinal de reconhecimento do trabalho que desenvolvi no mercado do retalho e da distribuição ao longo dos últimos 17 anos. Acima de tudo vou abraçar um projeto de confiança e com perspetivas futuras, tanto a nível pessoal como para os meus parceiros da ótica”, começa por nos dizer Helena Ornelas, sales manager da WSA Portugal.

A WSA Audiology foi criada em 2019 com a junção de algumas das mais conhecidas e inovadoras marcas de aparelhos auditivos a nível mundial. “Com esta fusão e com mais de 140 anos de experiência a liderar o mercado em inovação tecnológica de soluções auditivas, o que mais me cativou no Grupo foi a solidez, o histórico mas com visão para o futuro, e um portefólio de produtos muito completo e diferenciador no mercado”, acrescenta.

A responsável assumiu ainda que, “como em qualquer mudança, estes primeiros meses têm sido muito intensos e as recompensas já começaram a surgir, pois o feedback dos clientes tem sido muito positivo. O nosso portefólio é adaptável e à medida de cada parceiro. Sempre com a mesma paixão, estou entusiasmada por vos apresentar as várias marcas do grupo”.

Saiba mais na próxima edição da ÓpticaPro.

25 Setembro 2020
Entrevistas

PUBLICIDADE
|MIDO 2021

Notícias relacionadas

Daniela Guerreiro: “O mercado da ótica mudou bastante”

Com uma recente remodelação, a Oculista Carioca, nos arredores de Sintra, está mais atrativa e funcional. Com “um serviço de qualidade, seriedade e profissionalismo”, Daniela Guerreiro, há 16 anos na empresa fundada pelo pai, reconhece que o mercado mudou bastante desde então.

Ler mais 20 Julho 2020
Entrevistas

“Iremos colocar em prática uma forte campanha de sensibilização”

Em meados de maio, a Associação Nacional dos Ópticos (ANO) apresentou os resultados do inquérito ao subsector de comércio a retalho de material ótico, pedido ao Centro de Estudos Aplicados (CEA) da Universidade Católica Portuguesa (UCP), com o objetivo de analisar o impacto da pandemia Covid-19 nesta área. Falámos com Fernando Tomaz, presidente da direção da ANO, para conhecermos as principais conclusões do estudo e as medidas que se impõem.

Ler mais 26 Junho 2020
Entrevistas