“Somos muito gratos aos nossos pais pelo que construíram com tanta paixão”

Imagem da notícia: “Somos muito gratos aos nossos pais pelo que construíram com tanta paixão”

Após uma ligação de vários anos com o Institutoptico, a Ofetal (cadeia de óticas de Oeiras) decidiu criar uma parceria com a concorrente Optivisão. Quatro anos após uma entrevista com os filhos dos fundadores da empresa – Raquel Cotovio e Ana e André Dominguez – quisemos saber quais os motivos da mudança e os projetos de futuro de uma empresa onde as raízes e valores familiares estão sempre presentes.

Após vários anos de ligação com o Institutoptico, o que os levou a aderir à Optivisão? 

Raquel Cotovio: Numa análise muito sintetizada, a proatividade do Grupo, bem como a notoriedade no mercado nacional, foram pontos-chave para assumir a mudança. As iniciativas de marketing aliaram-se à expansão, de forma que a vontade de mudança é uma realidade dos nossos dias. Estivemos presentes no grupo Institutoptico durante vários anos, o que nos fez crescer. 

Quais os novos objetivos com esta nova parceria?

RC: Continuar a crescer, a trabalhar com o coração e com paixão, mantendo os nossos valores enquanto empresa, respeitando a tradição de geração. Continuar a estabelecer uma relação de ética e de confiança com os nossos clientes, mantendo um elevado nível de satisfação através de uma inovação contínua dos nossos produtos, com a melhor oferta e variedade, sempre pelo caminho da qualidade com as melhores experiências e memórias junto da nossa equipa. Para além disso, a captação de novos clientes, nunca descurando dos nossos mais antigos..

O que mudou na empresa desde a ligação à Optivisão?

RC: Nada mudou na empresa. Os tempos sim, esses mudam todos os dias, e por consequência as pessoas terão que se adaptar ao mercado, à tarefa ou função que desempenham, de maneira a acompanharem os novos tempos. Continuaremos a trabalhar com o máximo empenho e elevados padrões de ética e integridade.

A Ofetal sempre se distinguiu em Oeiras pela componente familiar e pela ligação próxima aos seus clientes. Como lidou a empresa com a pandemia ao longo do último ano e meio?

RC: O sentido de união de trabalho e proximidade junto dos nossos clientes e amigos, reforça ainda mais os valores e os objetivos da empresa, preservando sempre o respeito pelo próximo. Trabalhar como um todo independentemente da função de cada um, com um sentimento de colaboração e de partilha de ideias permitindo a entreajuda e o respeito mútuo. Sentimos que após a pandemia provocada pela Covid-19, a união obrigou-nos a uma reflexão que nos fez crescer a todos enquanto profissionais e também como seres humanos. Desta forma, gostaríamos de deixar o nosso profundo agradecimento a todos os nossos clientes, amigos, fornecedores, delegados comerciais que confiaram em nós e que nos ajudaram todos os dias a acreditar e a confiar.

Entrevista completa na ÓpticaPro 221.

25 Novembro 2021
Entrevistas

PUBLICIDADE
MIDO 2022
PUBLICIDADE
jackNoble

Notícias relacionadas

“A UDM é, na verdade, um projeto que cresceu connosco”

A marca italiana Unique Design Milan, fundada por dois amigos durante o período universitário, está em processo de internacionalização. Com a representação em Portugal a cargo de Mario Torre e Rui Lopez, a sua presença no mercado português está a crescer de forma sustentada, de acordo com a sua premissa de qualidade superior, produtos feitos exclusivamente à mão. A ÓpticaPro aproveitou a primeira visita dos dois criadores da UDM a Lisboa – Stefano Romanelli e Mattia Colleoni, para perceber os seus objetivos de expansão da marca.

Ler mais 17 Novembro 2021
Entrevistas

“A vontade de crescer leva qualquer pessoa longe”

A década de 90 marca o início daquela que seria uma bela história de amor. De Lisboa para Anadia, o negócio de duas gerações cresceu a partir da Ourivesaria e deu lugar à Óptica Almeida. Com o amor veio o sucesso, e com ele nasce a Opticalia AliÓpticas em 2011. A ÓpticaPro falou com Ana Paula Cardoso, responsável pela marca, que nos guia por entre alguns dos momentos que marcam o 25º Aniversário desta ótica.

Ler mais 15 Novembro 2021
Entrevistas

“A Prooptica atua de olhos postos no futuro”

Numa altura em que a Prooptica comemora 28 anos de existência Luís Justino, administrador da empresa, desvenda em entrevista os segredos do sucesso, as dificuldades vividas e as oportunidades que a pandemia de Covid-19 trouxeram. Para o futuro, o administrador imagina uma empresa fascinada pela internacionalização e pelo desenvolvimento sustentado, com o mesmo objetivo de sempre: garantir a satisfação plena de todos os parceiros.

Ler mais 3 Setembro 2021
Entrevistas