Emídio Rodrigues e Sofia Figueiredo: Covid-19 e o impacto no setor da ótica

Imagem da notícia: Emídio Rodrigues e Sofia Figueiredo: Covid-19 e o impacto no setor da ótica

Emídio Rodrigues e Sofia Figueiredo, responsáveis pelo grupo Ergovisão, falaram com a ÓpticaPro sobre o impacto da Covid-19 no setor da ótica: “Sobreviver em Portugal à pandemia que afeta a saúde e, consequentemente, não deixar morrer a economia de cada cidadão, de cada família, de cada trabalhador, de cada empresa. Cada um à sua maneira, estamos a tentar contribuir para a uma vitória em ambas as batalhas”, começaram por dizer. 

Afirmaram ainda que sentem vários impactos no setor da ótica. “Muito embora o estado de emergência não obrigue ao encerramento dos nossos estabelecimentos, toda a envolvência e falta de clientes e segurança, acabaram por ditar o encerramento de um grande número de lojas. Os impactos a nível económico e de recursos humanos foram as duas grandes preocupações nos meses de março e abril. Teremos que reabrir a atividade e financiar o negócio com os inventários elevados. A retração do consumo, vai fazer retrair as compras e todos os players do mercado da ótica serão afetados”. 

Não perca esta e outras opiniões na próxima edição da ÓpticaPro. 

28 Abril 2020
Opinião

PUBLICIDADE
MIDO 2022
PUBLICIDADE
jackNoble

Notícias relacionadas

Óculos e lentes de contacto em tempos de pandemia

Uma das formas de prevenir o contágio pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) é evitar levar as mãos ao rosto. Acontece que, quem usa óculos ou lentes de contacto, costuma mexer nos olhos mais frequentemente. O médico oftalmologista José Salgado-Borges escreve-nos algumas dicas sobre como podemos proteger-nos melhor durante a pandemia de Covid-19.

Ler mais 5 Janeiro 2021
Opinião