Recomendações da APOR à atividade dos ortoptistas

Imagem da notícia: Recomendações da APOR à atividade dos ortoptistas

Os ortoptistas são dos profissionais na área da saúde que atuam diretamente na promoção e defesa da saúde visual da população.

A Direção-Geral da Saúde veicula que os profissionais de saúde constituem um dos principais grupos de risco de infeção pelo novo coronavírus, principalmente pelo seu papel no contacto com os cidadãos, particularmente os que apresentam sintomas de infeção.

“Considerando que as atividades funcionais do ortoptista, pela sua natureza, implicam o contacto direto, próximo e demorado entre o profissional de saúde e o utente, circunstância que representa risco de contágio acrescido na Covid- 19, é prioridade proteger as vidas dos ortoptistas, das respetivas famílias e dos utentes, devendo a todo o custo cumprir as indicações das Autoridades de Saúde, porque esta pandemia não poupa ninguém”.

Neste sentido, a Associação Portuguesa de Ortoptistas (APOR) emitiu um comunicado com um conjunto de recomendações que visam a proteção dos ortoptistas e dos utentes durante o desempenho da atividade profissional.

Saiba quais são aqui.

25 Março 2020
Atualidade

Notícias relacionadas

Plano de contingência: comunicado HOYA

Carlos Matos, country manager da HOYA Portugal, dirige-se a todos os clientes e profissionais do setor, no seguimento do novo confinamento geral decretado pelo Governo.

Ler mais 14 Janeiro 2021
AtualidadeLentes

Novo confinamento: óticas mantêm portas abertas

O Governo já anunciou as medidas do novo confinamento geral para um combate necessário ao avultado número de infetados com Covid-19. Na generalidade, voltam a ser aplicadas as regras do primeiro confinamento, altura em que as óticas foram consideradas serviços essenciais e puderam abrir ao público.

Ler mais 14 Janeiro 2021
Atualidade