“Queremos ser uma marca de referência em Portugal”

Imagem da notícia: “Queremos ser uma marca de referência em Portugal”

Estivemos à conversa com Elísio Marques e João Cunha, CEO e diretor comercial da Morel Portugal, respetivamente. O objetivo deste encontro foi fazer o balanço do primeiro ano e meio de atividade da empresa no nosso país, o qual – segundo os responsáveis – é 100% positivo.

A Morel Portugal começou a operar em julho de 2018, mas foi uns meses antes, em maio, que a DMDI – Eyewear Solutions anunciou a criação desta nova empresa. A divulgação ocorreu no âmbito da celebração do 20º aniversário da DMDI, empresa dirigida também por Elísio Marques.

Na altura, o diretor geral da Morel Internacional, Jérôme Morel, afirmou que “a família” tinha crescido. “A criação da nossa co-empresa Morel Portugal é uma excelente oportunidade que permitirá reforçar a nossa presença no mercado. Sozinhos vamos mais depressa, mas em conjunto vamos mais longe”.

Elísio Marques acrescentou que, “ao fim de duas décadas, é um grande orgulho poder partilhar os mesmos valores de uma casa como a Morel”. O responsável português assumiu que a “estamos a falar de uma empresa com mais de 140 anos de existência, com uma credibilidade imensa no mercado a nível internacional. Além disso, trata-se de uma estrutura familiar (que vai já na quarta geração, algo raro de acontecer!), independente e dinâmica, que soube ao longo dos anos ultrapassar os caprichos deste setor”.

Quando questionados sobre a aceitação do mercado nacional a esta aposta, disseram que não podia ser melhor. “Sentimos que, pelo facto de estarmos associados a um nome como a Morel, conseguimos uma credibilidade ainda maior junto dos óticos. E, hoje em dia, a credibilidade é fundamental. Sentimos também mais força e confiança da parte dos nossos parceiros, com vontade de continuarem a desenvolver o negócio connosco”.

Saiba mais na ÓpticaPro 200.

15 Janeiro 2020
Entrevistas

PUBLICIDADE
|MIDO 2021

Notícias relacionadas

Daniela Guerreiro: “O mercado da ótica mudou bastante”

Com uma recente remodelação, a Oculista Carioca, nos arredores de Sintra, está mais atrativa e funcional. Com “um serviço de qualidade, seriedade e profissionalismo”, Daniela Guerreiro, há 16 anos na empresa fundada pelo pai, reconhece que o mercado mudou bastante desde então.

Ler mais 20 Julho 2020
Entrevistas

“Iremos colocar em prática uma forte campanha de sensibilização”

Em meados de maio, a Associação Nacional dos Ópticos (ANO) apresentou os resultados do inquérito ao subsector de comércio a retalho de material ótico, pedido ao Centro de Estudos Aplicados (CEA) da Universidade Católica Portuguesa (UCP), com o objetivo de analisar o impacto da pandemia Covid-19 nesta área. Falámos com Fernando Tomaz, presidente da direção da ANO, para conhecermos as principais conclusões do estudo e as medidas que se impõem.

Ler mais 26 Junho 2020
Entrevistas