Estimulação do córtex visual permite que pessoas cegas “vejam” formas

Imagem da notícia: Estimulação do córtex visual permite que pessoas cegas “vejam” formas

Para a maioria dos adultos que perdem a visão, a cegueira resulta de danos nos olhos ou no nervo ótico, enquanto o cérebro permanece intacto. Durante décadas, vários investigadores propuseram o desenvolvimento de um dispositivo que pudesse restaurar a visão, ignorando os olhos deteriorados e fornecendo informações visuais de uma câmara diretamente para o cérebro. Num artigo publicado na revista Cell a 14 de maio, uma equipa de investigadores do Baylor College of Medicine, em Houston, revela que estão mais próximos deste objetivo.

Descrevem uma abordagem em que os elétrodos implantados são estimulados numa sequência dinâmica, “traçando” formas na superfície do córtex visual que os participantes foram capazes de “ver”. “Quando usámos a estimulação elétrica para rastrear dinamicamente as letras diretamente no cérebro dos pacientes, eles foram capazes de “ver” as formas pretendidas e puderam identificar corretamente letras diferentes”, diz o autor sénior Daniel Yoshor. “Descreveram ainda ter visto pontos brilhantes ou linhas formando as letras, como escrever no céu”.

Tentativas anteriores de estimular o córtex visual não obtiveram tanto sucesso. Esses métodos tratavam cada elétrodo como um pixel numa exibição visual, estimulando muitos deles ao mesmo tempo. Os participantes puderam detetar pontos de luz, mas foi-lhes difícil discernir objetos ou formas visuais. “Em vez de tentar construir formas a partir de vários pontos de luz, traçámos contornos”, diz o primeiro autor Michael Beauchamp. “A nossa inspiração para isso foi a ideia de desenhar uma carta na palma da mão de alguém”.

Saiba mais aqui.

13 Junho 2020
Visão

PUBLICIDADE
MIDO 2022
PUBLICIDADE
jackNoble
PUBLICIDADE
.....nome do evento, marca, etc.....
PUBLICIDADE
Vision Plus Expo 2021

Notícias relacionadas

MultiOpticas assinala Dia Mundial da Literacia no Sabugal

A Iniciativa “Ver bem para aprender melhor" realiza-se na freguesia do Casteleiro, Sabugal (Beira Alta), com oferta de rastreios visuais, óculos graduados à população com maiores dificuldades socioeconómicas e livros pedagógicos para ensinar a ler e a escrever.

Ler mais 8 Setembro 2021
AtualidadeEventos e formaçãoVisão

Estudo releva: má visão está fortemente associada ao risco de acidentes rodoviários

Uma investigação liderada pela Queen's University Belfast e publicada pelo The Lancet Global Health indica que é necessária uma ação urgente para reduzir o número de acidentes de viação que podem ser atribuídos a uma visão deficiente. Estas conclusões foram o resultado da primeira revisão abrangente para destacar a ligação entre visão deficiente e segurança rodoviária em países de baixo e médio rendimento. 

Ler mais 26 Agosto 2021
AtualidadeVisão