Raúl Sousa: “Portugal pode contar com os optometristas”

Imagem da notícia: Raúl Sousa: “Portugal pode contar com os optometristas”

A ÓpticaPro falou com Raúl Sousa, presidente da Associação Portuguesa de Licenciados de Optometria (APLO), a propósito das principais preocupações dos optometristas face à pandemia de Covid-19 e também sobre as iniciativas que têm desenvolvido para apoiar os seus membros.

“Como profissionais de saúde cuja atividade envolve contacto, proximidade e um número elevadíssimo de cuidados prestados, a principal preocupação é a de proteção da saúde pública assegurando que não se contribui para a propagação da pandemia. Também está presente a preocupação de assegurar que os seus utentes têm acesso à informação e apoio optométrico de uma forma segura e próxima através dos meios de comunicação, telefónicos e digitais, como se impõe na situação atual”, afirma Raúl Sousa.

O presidente da APLO acrescenta que a associação “tem orientado, esclarecido e disponibilizado os seus meios e recursos, respondendo às dúvidas e às dificuldades dos optometristas, autoridades e população em geral. A título de exemplo, mantém os seus membros informados sobre as recomendações e aconselhamento sobre as normas de orientação clínica das autoridades de saúde e investigação científica nas áreas da optometria, saúde da visão, entre outros. Disponibiliza também orientação sobre a prática e a responsabilidade dos optometristas como agentes de saúde pública, combatendo a propagação e contágio do SARS-CoV-2, protegendo a população e contribuindo ativamente para reduzir o saldo negativo da pandemia. Também emite recomendações e orientações como é exemplo a prestação de assistência não-presencial”.

Mais, “a APLO também presta serviço público relevante com esclarecimentos à sociedade sobre os cuidados a adoptar para promover o bem-estar, combater as notícias falsas, esclarecendo sobre os cuidados para com a saúde da visão e tranquilizando a população através da Criação de uma Linha de Apoio Optométrico. O apoio que a APLO sempre disponibilizou aos seus membros mantém-se, tal como é o caso do apoio jurídico, apoio de consultadoria e contabilidade, seguro de responsabilidade civil, apoio psicológico específico, entre outros. Nos contactos que tem mantido com as autoridades de saúde, como representante dos optometristas em Portugal, já fez saber ao Ministério da Saúde que os optometristas estão totalmente disponíveis para desempenhar todas as tarefas que entendam necessário, no contexto da pandemia atual. Em resposta às necessidades evidenciadas na situação atual do Serviço Nacional de Saúde, a APLO tem atuado como veículo de incentivo à disponibilização de equipamentos de proteção individual que possam estar na posse de optometristas”.

Raúl Sousa conclui: “A direção da APLO deixa uma mensagem de ânimo e coragem. Os esforços de todos produzem resultados e é certo que vamos sair desta situação mais fortes e mais unidos. O regresso à normalidade possível é o desafio seguinte e os optometristas, especialistas dos cuidados primários para a saúde da visão, estão na linha da frente deste desafio. Conhecendo a nossa visão, missão e desempenho até à data, Portugal pode contar com os optometristas”.

Saiba mais na próxima edição da ÓpticaPro.

24 Abril 2020
Atualidade

PUBLICIDADE
MIDO 2022
PUBLICIDADE
jackNoble
PUBLICIDADE
Vision Plus Expo 2021

Notícias relacionadas

Conselheiros da Visão apostam no rebranding

A nova marca vai ser para o grupo ótico “um ponto de viragem na nossa história”. Numa data em que assinala o Dia Mundial da Visão, o grupo ótico vai apresentar o rebranding das suas Óticas num evento que vai decorrer na loja da Avenida João XXI 23B, em Lisboa às 18 horas.

Ler mais 14 Outubro 2021
AtualidadeGrupos de ótica