ANO promove reunião com UPOOP e APLO com vista à retoma da atividade

Imagem da notícia: ANO promove reunião com UPOOP e APLO com vista à retoma da atividade

A Associação Nacional dos Ópticos (ANO), na sua qualidade de associação empresarial e representante dos principais empregadores dos profissionais de optometria em Portugal, convidou as duas associações profissionais de optometria – Associação Portuguesa de Licenciados de Optometria (APLO) e a União Profissional dos Ópticos e Optometristas Portugueses (UPOOP) – para uma reunião online, na qual se pretendia analisar e debater as principais recomendações para a retoma da atividade no setor da ótica, após o levantamento do Estado de Emergência.

A APLO mostrou total disponibilidade para reunir com a Associação Nacional dos Ópticos, mas entendeu não poder “reunir com organizações que defendem a prática de atos optométricos por pessoas com habilitação mínima inferior à licenciatura”, lê-se na resposta desta entidade ao convite da ANO.

Em comunicado enviado às redações, a ANO refere que “não se revê nesta divisão entre profissionais, nem na distinção entre os mesmos, já que os seus associados empregam tanto optometristas licenciados como diplomados. Aliás, o próprio World Council of Optometry (WCO) enaltece e reconhece os diferentes tipos de formação na área da optometria, afirmando no seu website que ‘Optometric education and the practice of optometry have developed differently and at different rates around the world. Optometric education is provided in major research universities, as well as in independent schools and colleges of optometry. WCO encourages and helps to develop optometric education and facilitates the reviews of education providers by external agencies'”.

Recorde-se ainda que ambas as associações profissionais de optometria (APLO e UPOOP) são membros do Conselho Europeu de Optometria e Óptica (ECOO), tal como a ANO. Por esse motivo, a ANO acabou por reunir ontem com a UPOOP, que sempre se mostrou disponível para reunir com a sua congénere.

“Numa altura em que precisamos, urgentemente, de criar soluções e encontrar um caminho sólido comum, nenhum de nós se deve colocar à margem da discussão. Há que suspender disputas e criar união, de forma a podermos contribuir positivamente para a salvaguarda do setor do qual todos fazemos parte”, afirma o presidente da Direcção da ANO, Fernando Tomaz.

23 Abril 2020
Atualidade

PUBLICIDADE
.....nome do evento, marca, etc.....
PUBLICIDADE
Vision Plus Expo 2021

Notícias relacionadas