O luxo depois da crise Covid-19

Imagem da notícia: O luxo depois da crise Covid-19

De acordo com o último relatório da Bain & Co., a crise deste ano relacionada com a Covid-19 pode levar a uma queda de até 35% nas vendas, mas as empresas sairão mais fortes, mais digitalizadas e estratégicas.

  1. No primeiro trimestre de 2020, prevemos que as vendas globais de luxo diminuirão de 25 a 30%, embora haja sinais de recuperação na China.
  2. No geral, para 2020, existem três cenários envolvendo contrações que variam de 15 a 18%; de 22 a 25%; de 30 a 35%.
  3. As equipas de gestão podem mitigar as ameaças de hoje e acelerar a recuperação se agirem através de uma nova estrutura de liderança e saída de crises; se acelerarem os procedimentos financeiros e operacionais a curto prazo e revirem o modelo de negócio e a proposta de valor relativo.

Esses são os três principais pontos do último relatório da Bain & Co sobre as previsões para o mercado de luxo pós-Covid, emitidas a 25 de março. Segundo o relatório, além da crise de saúde, a pandemia representa uma séria ameaça a todos os setores. 

O Produto Interno Bruto, o emprego (e, portanto, o poder de compra) e os mercados financeiros estão sob forte tensão, com uma consequente queda na confiança do consumidor e na sua capacidade de compra. Outro problema diz respeito às viagens de luxo, uma vez que as restrições impostas afetarão consideravelmente os bens e serviços normalmente adquiridos pelos turistas, que ainda são prejudicados pelas restrições de viagens e pelo medo persistente de serem infetados em aviões e navios de cruzeiro. 

O mercado de luxo fechou 2019 em 281 bilhões, com uma taxa de crescimento previsto até 2025 entre 3 e 5%. O primeiro trimestre de 2020, no entanto, encerrará com uma queda de 25 a 30% nas vendas, o que, em termos monetários, significa uma perda entre 60 e 70 bilhões de euros em relação a 2019. Até 2021 não chegará uma eventual recuperação, segundo as diretrizes da Bain descritas em 2019. 

Saiba mais aqui.

14 Abril 2020
Atualidade

PUBLICIDADE
MIDO 2022
PUBLICIDADE
jackNoble

Notícias relacionadas

FEEDiU é o novo fornecedor protocolado da CECOP

A FEEDiU é o novo fornecedor protocolado da CECOP e tem o objetivo de ajudar os associados a digitalizar as suas óticas. Estes terão acesso a uma campanha exclusiva, além de todos os benefícios que têm em trabalhar com um fornecedor protocolado CECOP.

Ler mais 21 Outubro 2021
AtualidadeGrupos de ótica

VisionPlus Expo 2021 decorre de 26 a 28 de outubro

A VisionPlus Expo 2021 conta até ao momento com 1500 pré-registos recebidos de mais de 60 países. O evento que decorre de 26 a 28 de outubro, no Dubai vai ter várias exposições, entrega de prémios e conferências.

Ler mais 20 Outubro 2021
AtualidadeEventos e formação