“Não desistam! Lutem pelas vossas empresas e instituições”

Imagem da notícia: “Não desistam! Lutem pelas vossas empresas e instituições”

Pedro Fraga, CEO da F3M, deixa uma mensagem de esperança e acredita que, com empenho e garra, vamos conseguir vencer as adversidades:

“Não pretendo ser a milionésima pessoa a falar do período complicado em que vivemos e por isso vou tentar falar do mundo para além da Covid-19, não significando isto qualquer menorizar da preocupação que todos com certeza temos. 

Na F3M, empresa que criei há quase 33 anos com mais três colegas de universidade, tentamos não nos focar exclusivamente na Covid-19 e pensar que tudo o que podemos fazer neste momento, como cidadãos, já o estamos a fazer. Por isso, como acionista e administrador de um conjunto de empresas com mais de 150 pessoas na Europa e em África tenho que olhar para o futuro e perceber que temos uma enorme responsabilidade como empresa perante aqueles que contam sempre connosco: os nossos clientes. 

Num período difícil… adaptámo-nos. Incrementámos aquele que já era um hábito na nossa empresa, desde 2017, e temos atualmente uma grande parte dos nossos elementos em Home Office, terminologia que preferimos em relação ao termo teletrabalho. A partir de cada uma das nossas casas ou da nossa sede em Braga, do nosso escritório em Lisboa, etc., tudo fazemos diariamente para apoiar os nossos clientes que se confrontam com dificuldades diárias na prossecução da sua atividade.

São novos tempos e tempos de grandes desafios, em que temos reafirmado um compromisso total com cada entidade deste país que apostou nos nossos produtos e serviços fazendo todos os possíveis para que o nosso apoio seja ainda mais próximo. 

Como empresa, não baixamos os braços. Cada um de nós… não baixa os braços.

Desde o nosso primeiro dia de atividade no já longínquo ano de 1987, sempre entendi que uma empresa, per si, como mero objetivo de vida de um empresário, não tem razão de existir. Uma empresa existe porque “faz algo” que é útil para uma comunidade de clientes. Em tempos difíceis, mais do que nunca temos que ser úteis aos nossos clientes. 

Esperamos ansiosamente pelo dia em que possamos todos sorrir, de forma franca e aberta, podendo dizer… vencemos. Vencemos como cidadãos e vencemos como empresa, pois estivemos sempre, mas sempre, ao lado dos nossos clientes, num momento tão difícil. 

Aos nossos clientes deixo uma mensagem, mesmo sabendo que todos estão conscientes disso: Não desistam! Lutem pelas vossas empresas e instituições, pois este país e este povo merecem tudo. Só com o envolvimento de empresários, presidentes de instituições, provedores e trabalhadores iremos conseguir superar juntos este período complexo. Empenho e garra, todos os dias mais que no dia anterior.

Está ao alcance de nós fazer TUDO, o normal, o limite do possível e até o impossível. TODOS temos um papel, pessoal e profissional, nesta batalha”.

6 Abril 2020
Opinião

Notícias relacionadas