Universidade de Coimbra cria tecnologia de rastreio ocular em diabéticos

Imagem da notícia: Universidade de Coimbra cria tecnologia de rastreio ocular em diabéticos

Uma equipa da Universidade de Coimbra (UC) desenvolveu uma tecnologia, baseada no processamento de imagens oftalmológicas, que permite identificar de forma automática lesões na retina em pacientes diabéticos.

Segundo a revista Sábado, este é o resultado de quatro anos de parceria com a empresa Retmarker, spin-off do Grupo Critical, que, em 2013, desafiou a UC a encontrar uma forma mais eficiente de deteção de lesões na retina.

Atualmente, só existem imagens de baixa qualidade obtidas dos Rastreios de Retinopatia Diabética. Mais informações aqui.

22 Março 2017
Visão

PUBLICIDADE
|MIDO 2021

Notícias relacionadas

Inquérito avalia população sobre vista cansada

O Departamento de Saúde Visual da Essilor Portugal, dirigido por Alberto Silva, está a fazer um inquérito à população portuguesa para conhecer as opiniões e rotinas dos indivíduos potencialmente presbitas e tentar compreender os hábitos visuais de cada um, especialmente no atual contexto de pandemia.

Ler mais 20 Outubro 2020
Visão