Praticar desporto com os óculos certos pode prevenir 90% das lesões oculares

Imagem da notícia: Praticar desporto com os óculos certos pode prevenir 90% das lesões oculares

A CECOP reuniu um conjunto de dados sobre a importância da escolha mais adequada de óculos na prática de atividade física, seja lúdica ou profissional.

A CECOP adianta que 90% das lesões oculares motivadas pela prática de desporto, poderiam ter sido evitadas, isto se a “pessoa tivesse sido previamente aconselhada e tivesse utilizado os óculos corretos”. Fruto destes números, é essencial nos desportos ao ar livre, a utilização de “óculos de sol para proteger contra a radiação UV e o impacto das partículas”.

As principais lesões desta prática

O “desprendimento da retina, traumatismos, hemorragias e lesões da córnea devido à sobre-exposição ao sol”, são as lesões mais apontadas. Exemplo disso, são os desportos náuticos que “geram muitos problemas visuais, sendo a pesca responsável por 16% dos traumatismos e 44% das perfurações oculares”.

Atualmente existem vários modelos de óculos desportivos e protetores específicos para cada desporto. Muitas destes modelos “podem ser graduados ou utilizados em combinação com lentes de contacto, uma vez que é essencial procurar aconselhamento junto do profissional de saúde visual para encontrar os óculos ideais para cada caso”.

Quais são os melhores óculos para cada desporto?

A CECOP, líder global no setor óptico, indica que para os desportos marítimos os “melhores óculos são polarizados para evitar o brilho do sol sobre a água, e devem ser resistentes aos choques”. Já para a natação, os óculos “devem ter uma moldura de silicone e ser ajustáveis com uma alça. Para nadar ao ar livre, é melhor que sejam lentes escuras ou polarizadas para proteger o olho dos raios UV”.

No que diz respeito ao ciclismo, os melhores óculos são aqueles com “curvatura sem distorção para obter proteção lateral contra os raios UV, sem perder a qualidade visual e com ponte ajustável do nariz para evitar o embaciamento da lente. São essenciais no ciclismo de montanha devido ao impacto de pedras e ramos de árvores”.

Para atletismo e corrida, as “lentes fotocromáticas que mudam de cor em função da intensidade da luz e lentes polarizadas ajudam-no a ver mais claramente e a melhorar a sua capacidade de reação”. O revestimento “antirreflexo à lente polarizada, permite à luz que entra através da parte de trás da lente seja eliminada”. São óculos “específicos para este desporto que permitem um ajuste perfeito ao rosto e não se movem durante a prática devido ao impacto de pedras e ramos de árvores”.

3 Junho 2021
AtualidadeGrupos de óticaÓculos

PUBLICIDADE
MIDO 2022
PUBLICIDADE
jackNoble
PUBLICIDADE
Vision Plus Expo 2021

Notícias relacionadas

Conselheiros da Visão apostam no rebranding

A nova marca vai ser para o grupo ótico “um ponto de viragem na nossa história”. Numa data em que assinala o Dia Mundial da Visão, o grupo ótico vai apresentar o rebranding das suas Óticas num evento que vai decorrer na loja da Avenida João XXI 23B, em Lisboa às 18 horas.

Ler mais 14 Outubro 2021
AtualidadeGrupos de ótica