“É indescritível sentir que com pouco mudamos a vida de alguém”

Imagem da notícia: “É indescritível sentir que com pouco mudamos a vida de alguém”

Apaixonados por viagens e ligados ao mundo da ótica, Ana Carvalho e Vítor Martins são pessoas inspiradoras, que aliam o gosto de viajar à ajuda ao próximo. Numa conversa com a ÓpticaPro, os proprietários da Ótica Maxivisão desvendaram-nos as suas aventuras e missões em conjunto, para além da história da marca. Apesar de a pandemia associada ao novo coronavírus ter adiado alguns sonhos, de uma coisa estão seguros: não os parou. 

“Que o nosso olhar do mundo seja vosso”. Ver e viajar são elementos fundamentais do vosso mundo?

São, efetivamente. Achamos que já não conseguiríamos conceber o mundo de outra forma. Ver é fundamental para qualquer pessoa. Ser viajantes permite-nos alargar horizontes e ver outras realidades, das quais não temos perceção se não sairmos da nossa “bolha”.

2003 marca o início de muitas aventuras em conjunto. A paixão por viajar foi o catalisador para abrirem a ótica?

Poderia ter sido, mas não foi o caso, pois já estávamos no ramo da ótica desde 1999. Viajar é algo que andou a par, mas individualmente.

Qual é a história da Maxivisão?

A Maxivisão abre as portas ao público, pela primeira vez, em agosto de 2005 em Condeixa-a-Nova. Passados dois anos, em dezembro de 2006, surge a segunda loja, desta vez em Vila Nova de Poiares. Sempre com a missão de contribuir para o bem-estar visual e proporcionar aos clientes a máxima visão possível, fomos resistindo aos anos de crise que o país passou e adaptámo-nos às novas realidades que se viviam. Decidimos sempre investir em meios mais pequenos, onde sentimos que somos realmente necessários, fugindo assim aos grandes centros onde as óticas nascem como cogumelos. Com esta situação em conta, arriscámos a abertura de uma nova loja em São Pedro de Alva, em julho de 2014. A partir desse momento, a nossa posição no mercado alterou-se completamente. Numa perspetiva de modernização, em abril de 2018 tomámos a decisão de mudar a imagem corporativa e apostar em novos parceiros e novas marcas. Tomando consciência da nossa responsabilidade social para com a comunidade e o mundo que nos rodeia, iniciámos projetos de cariz social, em mente já há alguns anos, sabendo sempre que, para isso, a empresa teria que atingir maturidade e alicerces suficientes para que os mesmos se concretizassem com sucesso. É estando focados nos nossos clientes que continuamos a trabalhar diariamente, mas também com uma visão social mais alargada, para que continuemos o nosso projeto de diferenciação no mercado. Foi já nessa perspetiva que decidimos, em Vila Nova de Poiares, apostar num lugar mais central e com mais oferta para o cliente.

Entrevista completa na ÓPTICAPRO 214.

27 Abril 2021
EntrevistasRevista

PUBLICIDADE
.....nome do evento, marca, etc.....
PUBLICIDADE
Vision Plus Expo 2021

Notícias relacionadas

“São 25 anos sempre com a missão de servir a Ergovisão”

Emídio Rodrigues é CEO do grupo Ergovisão e completou, este ano, 25 anos de carreira. Numa conversa com a ÓpticaPro, Emídio Rodrigues falou sobre a empresa, o trajeto profissional, as memórias e aprendizagens neste quarto de século de carreira, bem como da previsão para o futuro. O dia 1 de maio de 1996 marcou o início desta “história recheada de momentos”.

Ler mais 11 Junho 2021
AtualidadeEntrevistasRevista