“Cheguei a fazer as minhas próprias peças para trabalhar”

Imagem da notícia: “Cheguei a fazer as minhas próprias peças para trabalhar”

Sempre na linha da frente, Fernando da Silva foi, ao longo dos anos, pioneiro no setor.

Abriu a primeira óptica da Amadora, do Cacém, da Charneca de Caparica, do Poceirão, levando o nome Fernando Oculista mais longe, mas mais perto de quem precisa.

Com 10 lojas, faz parte do grupo Conselheiros da Visão desde 1995, mas é a mestria das suas mãos que o faz sorrir.

Tudo sobre esta entrevista na ÓpticaPro de maio.

11 Abril 2013
Entrevistas

PUBLICIDADE
|MIDO 2021

Notícias relacionadas

Daniela Guerreiro: “O mercado da ótica mudou bastante”

Com uma recente remodelação, a Oculista Carioca, nos arredores de Sintra, está mais atrativa e funcional. Com “um serviço de qualidade, seriedade e profissionalismo”, Daniela Guerreiro, há 16 anos na empresa fundada pelo pai, reconhece que o mercado mudou bastante desde então.

Ler mais 20 Julho 2020
Entrevistas

“Iremos colocar em prática uma forte campanha de sensibilização”

Em meados de maio, a Associação Nacional dos Ópticos (ANO) apresentou os resultados do inquérito ao subsector de comércio a retalho de material ótico, pedido ao Centro de Estudos Aplicados (CEA) da Universidade Católica Portuguesa (UCP), com o objetivo de analisar o impacto da pandemia Covid-19 nesta área. Falámos com Fernando Tomaz, presidente da direção da ANO, para conhecermos as principais conclusões do estudo e as medidas que se impõem.

Ler mais 26 Junho 2020
Entrevistas