Tecnologia que é vestível

Imagem da notícia: Tecnologia que é vestível

Sergey Brin, co-fundador da empresa Google, afirmou que os dispositivos vestíveis serão uma realidade dita “normal”.

Estes objetos serão assim considerados como peças vulgares de vestuário.

Sergey Brin chamou a atenção por passear no metro de Nova Iorque com os Google Glass, óculos da empresa homónima que são como computadores à frente dos nossos olhos, literalmente.

“Os vestíveis não serão populares, mas sim normais”, considera.

Sonny Wu, da Misfit Wearables, explica que “os produtos atuais, na maioria, não podem ser vestidos.

São desajeitados, não combinam e pedem hábitos que não temos.

Você não precisa de carregar a bateria da sua camisola. Porque é que você aprenderia a fazer isso?”.

Segundo o ‘site’ Diário Digital, os dispositivos tomarão a forma de óculos, pulseiras, calçado, relógios e outras peças do armário do mesmo tamanho.

2 Abril 2013
Atualidade

Notícias relacionadas

Óticas estão incluídas no Programa Apoiar.pt

Já pode registar a sua empresa ou organização no Balcão Portugal 2020, caso pretenda requerer o novo apoio dirigido aos negócios mais afetados pela pandemia Covid-19, nomeadamente na área do comércio.

Ler mais 27 Novembro 2020
Atualidade

Ranking Facebook – Outubro 2020

Neste artigo, que pretendemos publicar regularmente, damos a conhecer as óticas que tiveram o melhor “desempenho” no Facebook durante o período de um mês.

Ler mais 19 Novembro 2020
Atualidade