Tecnologia que é vestível

Imagem da notícia: Tecnologia que é vestível

Sergey Brin, co-fundador da empresa Google, afirmou que os dispositivos vestíveis serão uma realidade dita “normal”.

Estes objetos serão assim considerados como peças vulgares de vestuário.

Sergey Brin chamou a atenção por passear no metro de Nova Iorque com os Google Glass, óculos da empresa homónima que são como computadores à frente dos nossos olhos, literalmente.

“Os vestíveis não serão populares, mas sim normais”, considera.

Sonny Wu, da Misfit Wearables, explica que “os produtos atuais, na maioria, não podem ser vestidos.

São desajeitados, não combinam e pedem hábitos que não temos.

Você não precisa de carregar a bateria da sua camisola. Porque é que você aprenderia a fazer isso?”.

Segundo o ‘site’ Diário Digital, os dispositivos tomarão a forma de óculos, pulseiras, calçado, relógios e outras peças do armário do mesmo tamanho.

2 Abril 2013
Atualidade

PUBLICIDADE
Hoya DIA MUNDIAL DE LA VISION
PUBLICIDADE
MIDO

Notícias relacionadas

MIDO apresenta novo prémio para 2023

A MIDO, em colaboração com ANFAO e Certottica, concebeu um novo prémio para a edição 2023: o CSE Award (Certified Sustainable Eyewear), o prémio para óculos e estojos sustentáveis para avaliar a sustentabilidade no setor a nível internacional.

Ler mais 7 Dezembro 2022
AtualidadeEventos e formaçãoÓculos

Optivisão recebe selo de “Marca Recomendada”

O grupo Optivisão recebe, pelo 3º ano consecutivo, o selo de “Marca Recomendada” na categoria de Saúde - Ópticas - Redes de Lojas, pela Consumers Trust. Esta é uma atribuição que resulta inteiramente da avaliação dos consumidores na plataforma.

Ler mais 6 Dezembro 2022
Atualidade