Um terço dos utilizadores sente-se pior depois de aceder ao Facebook

Imagem da notícia: Um terço dos utilizadores sente-se pior depois de aceder ao Facebook

Um estudo realizado por duas universidades alemãs, junto de 600 pessoas, concluiu que uma em cada três pessoas sente-se pior e mais insatisfeita com a sua vida depois de entrar na rede social Facebook, noticiou o jornal I, a partir da Reuters.

Mais: os visitantes das páginas de perfil que não publicam nada são os mais atingidos; as fotos de férias estão na origem de mais de metade dos casos de inveja logo seguidas da quantidade de mensagens de parabéns nos aniversários e “gostos” ou comentários nas fotos e publicações; os trintões são os que mais sentem inveja da felicidade familiar dos outros; as mulheres da beleza física alheia; os homens têm mais tendência a publicarem conteúdos de auto-promoção.

“A utilização passiva gera emoções de cobiça, com os utilizadores a invejarem a felicidade dos outros”, diz Hanna Krasnova, do Instituto de Sistemas de Informação da Universidade Humboldt, Berlim.

O estudo vai ser apresentado numa conferência sobre Sistemas de Informação, na Alemanha.

 

18 Fevereiro 2013
Atualidade

Notícias relacionadas

APLO faz 23 anos

A APLO – Associação de Profissionais Licenciados de Optometria celebra hoje, 19 de fevereiro, 23 anos de existência.

Ler mais 19 Fevereiro 2021
Atualidade

Bom Carnaval

Apesar das circunstâncias, a equipa da ÓpticaPro deseja a todos os leitores e seguidores um ótimo Carnaval.

Ler mais 16 Fevereiro 2021
Atualidade