Fumar danifica o cérebro

Imagem da notícia: Fumar danifica o cérebro

Um estudo publicado no jornal Age and Ageing, que envolveu 8.800 pessoas acima dos 50 anos revelou que elevados níveis de tensão arterial e excesso de peso afetam o cérebro. Os cientistas pretendiam investigar vínculos entre o estilo de vida e ataques cardíacos e as consequências nas capacidades cognitivas.

Os resultados revelaram que quanto maior o risco de ataque cardíaco ou AVC maior é o declínio das capacidades cognitivas.

Também se verificou uma forte associação entre o vício tabágico e os resultados nos testes, que eram piores nos fumadores.

De acordo com este estudo, fumar danifica a memória, a capacidade de aprendizagem e as capacidades cognitivas, afetando inclusivamente as atividades básicas do dia a dia.

7 Dezembro 2012
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2021

Notícias relacionadas

Como não enlouquecer com a pandemia?

Nos dias 31 de outubro e 1 de novembro vai acontecer o BootCamp de Higiene Mental com Humor. A formação é online e essencialmente prática e visa dar ferramentas de humor e criatividade a qualquer pessoa para a ajudar a lidar com a carga negativa associada à Covid-19.

Ler mais 29 Outubro 2020
Atualidade