Pedro Fraga assume liderança da tecnológica F3M e reforça estratégia de internacionalização

 

Pedro Fraga, fundador e administrador da F3M, vai assumir a liderança da tecnológica tendo adquirido a maioria do capital social da empresa. Entre os objectivos estratégicos definidos para os próximos anos, destaca-se o foco na internacionalização da empresa, através do reforço da presença em Angola e Moçambique, prevendo-se que, em 2012, aqueles dois mercados possam valer 20 por cento da facturação total da F3M. Empreendimentos imobiliários, ópticas, estaleiros de construção civil, gestão de oficinas e de obras são algumas das áreas de aposta da F3M Software, além dos grandes projectos one-to-one.

 

Detendo actualmente 99 por cento do capital social da tecnológica, Pedro Fraga estabeleceu ainda como meta aumentar o volume de negócios da F3M, que no primeiro quadrimestre de 2011 registou já um crescimento de 33,5 por cento. O novo Conselho de Administração da F3M é ainda composto por Sérgio Agrelos, director geral da unidade de negócio Bit/F3M Solutions, e Miguel Veiga, CFO.

 

“Estou ciente que esta será uma nova fase de sucesso na vida da F3M, empresa a que devotei toda a minha carreira profissional, desde o fim da minha licenciatura”, afirma Pedro Fraga. O responsável acrescenta ainda que “este novo desafio, profissional e pessoal, acarreta uma grande responsabilidade, mas conto com uma equipa de excelentes profissionais e fortemente motivada”.

 

Em 2010, a empresa registou um volume de negócios de 5,6 milhões, bem como um crescimento do volume de negócios de 80 por cento no mercado internacional. Líder nos sectores da economia social (mais de 50 por cento da quota de mercado) e das ópticas, a F3M é ainda um dos principais players nas áreas têxtil, construção civil e imobiliário

 

19 Agosto 2011
Entrevistas

PUBLICIDADE
|MIDO 2021

Notícias relacionadas

Daniela Guerreiro: “O mercado da ótica mudou bastante”

Com uma recente remodelação, a Oculista Carioca, nos arredores de Sintra, está mais atrativa e funcional. Com “um serviço de qualidade, seriedade e profissionalismo”, Daniela Guerreiro, há 16 anos na empresa fundada pelo pai, reconhece que o mercado mudou bastante desde então.

Ler mais 20 Julho 2020
Entrevistas

“Iremos colocar em prática uma forte campanha de sensibilização”

Em meados de maio, a Associação Nacional dos Ópticos (ANO) apresentou os resultados do inquérito ao subsector de comércio a retalho de material ótico, pedido ao Centro de Estudos Aplicados (CEA) da Universidade Católica Portuguesa (UCP), com o objetivo de analisar o impacto da pandemia Covid-19 nesta área. Falámos com Fernando Tomaz, presidente da direção da ANO, para conhecermos as principais conclusões do estudo e as medidas que se impõem.

Ler mais 26 Junho 2020
Entrevistas