Saúde visual dos portugueses foi agravada com a pandemia

Imagem da notícia: Saúde visual dos portugueses foi agravada com a pandemia

Quase metade da população portuguesa diz sentir pioras na sua visão ao perto no último ano, período que engloba os meses de pandemia e de confinamento, durante o qual o recurso ao teletrabalho foi generalizado assim como o uso intensivo de dispositivos digitais, fatores que aumentam o risco de deterioração da saúde visual.

O inquérito “Ver(-Se) bem” – conduzido pela Direção de Saúde Visual da Essilor Portugal entre setembro e novembro de 2020, envolvendo 833 voluntários que responderam a um questionário sobre a sua saúde visual – incide em diferentes campos, dos impactos do confinamento e da pandemia, à miopia e ao conhecimento sobre os sintomas e correção da presbiopia, ou “vista cansada”.

médico oftalmologista José Salgado-Borges colaborou na concetualização, implementação e análise crítica dos dados recolhidos.

Saiba mais na próxima edição da ÓpticaPro.

29 Janeiro 2021
Visão

PUBLICIDADE
MIDO 2022
PUBLICIDADE
jackNoble
PUBLICIDADE
Vision Plus Expo 2021

Notícias relacionadas

Zeiss abre primeiro Centro de Visão em Espanha

Um novo modelo de negócio baseado num conceito óptico inovador e diferente resultante da colaboração entre ZEISS, o especialista em óptica de precisão e profissionais de visão, óptico-optometristas, ópticos independentes e proprietários de empresas.

Ler mais 8 Outubro 2021
AtualidadeVisão

MultiOpticas oferece “Cheques Visão” a crianças por todo o país

A MultiOpticas está a promover uma ação de solidariedade a nível nacional, oferecendo “Cheques Visão”, a mais de 1000 crianças, por todo o país. No Mês da Visão (outubro), a marca pretende destacar a importância da visão para o sucesso escolar. Dolores Aveiro, embaixadora da marca, esteve presente no arranque da ação que teve lugar na Madeira.

Ler mais 1 Outubro 2021
AtualidadeGrupos de óticaVisão

MultiOpticas assinala Dia Mundial da Literacia no Sabugal

A Iniciativa “Ver bem para aprender melhor" realiza-se na freguesia do Casteleiro, Sabugal (Beira Alta), com oferta de rastreios visuais, óculos graduados à população com maiores dificuldades socioeconómicas e livros pedagógicos para ensinar a ler e a escrever.

Ler mais 8 Setembro 2021
AtualidadeEventos e formaçãoVisão