Espanhóis “invadem” óticas no pós-confinamento

Imagem da notícia: Espanhóis “invadem” óticas no pós-confinamento

A falta de luz natural e a exposição exagerada a ecrãs fizeram com que muitos espanhóis deixassem o confinamento com mais problemas de visão. Segundo o El Independiente, as agendas dos óticos foram preenchidas para resolver situações oculares que afetaram pessoas de todas as idades. Embora a Federación Española de Asociaciones del Sector Óptico (Fedao) garanta que os cidadãos tenham consciência da importância da saúde ocular, os especialistas reconhecem que as consultas multiplicaram.

Por cá, a equipa da ÓpticaPro também “sentiu na pele” o agravamento da sua saúde visual. Desde que entrámos em estado de emergência, a 19 de março, trabalhámos (e continuamos a trabalhar) a partir de casa. Este período de teletrabalho significa muitas horas passadas ao computador – e ao telemóvel… com repercussões a nível visual. Neste sentido, já voltámos à ótica, não como jornalistas do setor, mas enquanto pacientes/clientes.

Não perca, numa das próximas edições, a descrição da rotina da ÓpticaPro durante o confinamento e o relato da nossa experiência no regresso à ótica.

18 Junho 2020
AtualidadeVisão

PUBLICIDADE
.....nome do evento, marca, etc.....
PUBLICIDADE
Vision Plus Expo 2021

Notícias relacionadas