André Brodheim: Covid-19 e o impacto no setor da ótica

Imagem da notícia: André Brodheim: Covid-19 e o impacto no setor da ótica

André Brodheim, administrador do grupo Optivisão, identifica “dois impactos determinantes no setor da ótica: um negativo, ao nível dos custos operacionais derivados da quebra no fluxo de caixa, e outro positivo, no acelerar da transição digital devido ao incremento do acesso e recurso a serviços digitais. O setor da ótica apresenta histórico consistente de crescimento da procura e, por isso, a médio/longo prazo está menos exposto a uma quebra total da procura que irá continuar de forma sustentada. Porém, a situação requer redobrada atenção, pois, apesar da solidez dos grandes grupos de ótica presentes no setor, a crise trará consequências negativas no fluxo financeiro das óticas. Neste momento, #primeiroaspessoas na linha das preocupações e prioridades de atuação”.

Revela ainda que, no futuro, “os clientes estarão provavelmente mais afastados das lojas físicas e, consequentemente, aumentará o atendimento nos canais digitais e no telefone, pelo que as óticas para estar em linha com as tendências de negócio futuras precisarão de adaptar a sua estratégia de contacto com os clientes locais, com vista a melhorar a experiência de atendimento e adotar processos de automatização que vão: reduzir custos; garantir uma experiência telefónica inteligente, rápida e 24 horas/dia junto dos clientes; reservar o atendimento humano para os serviços de optometria e ajuste de armações; o comércio eletrónico irá fundir-se com as visitas à ótica e deverá ser a nova normalidade – visitas interativas com compras online, experimentais e em tempo real”.

Acrescenta que, no momento desafiante que atravessamos, os consumidores vão estar ainda mais presentes nas redes sociais, por isso criar alertas para menções em redes sociais será outra tendência na reputação da ótica. Bem como a adoção de modelos de cooperação entre empresas. Até mesmo entre diferentes setores de atividade em que se partilhará e distribuirá soluções inovadoras para problemas difíceis. O coronavírus fez-nos sentir que as melhores empresas são aquelas que colaboram generosamente umas com as outras e com as outras pessoas”.

Não perca esta e outras opiniões na próxima edição da ÓpticaPro. 

E veja aqui o vídeo da reportagem da SIC no Oculista das Avenidas Optivisão, uma das óticas fundadoras do grupo, sobre as boas práticas de higiene e segurança implementadas nas óticas Optivisão.

15 Maio 2020
Opinião

PUBLICIDADE
.....nome do evento, marca, etc.....
PUBLICIDADE
Vision Plus Expo 2021

Notícias relacionadas

Óculos e lentes de contacto em tempos de pandemia

Uma das formas de prevenir o contágio pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) é evitar levar as mãos ao rosto. Acontece que, quem usa óculos ou lentes de contacto, costuma mexer nos olhos mais frequentemente. O médico oftalmologista José Salgado-Borges escreve-nos algumas dicas sobre como podemos proteger-nos melhor durante a pandemia de Covid-19.

Ler mais 5 Janeiro 2021
Opinião