“O objetivo é tornarmo-nos mais fortes”

Imagem da notícia: “O objetivo é tornarmo-nos mais fortes”

Luís Góis, Vera Velosa e Paulo Arromba são os novos “rostos” na gerência do Institutoptico, uma mudança que coincide com a celebração dos 25 anos do grupo.

ÓpticaPro: Antes de mais, porquê esta mudança de gerência no Institutoptico?

Luís Góis: A mudança de gerência do grupo Institutoptico foi um processo natural decorrente do terminar de um ciclo e o começo de outro. Não significa isso o romper com o passado, mas trazer uma nova abordagem ao percurso que o Institutoptico tem seguido nos últimos anos, reforçando os serviços que o grupo presta aos seus ópticos.

OP: Como se deu a vossa nomeação para este cargo?

Vera Velosa: Ao longo de várias conversas, percebemos que temos muito em comum relativamente à visão que partilhamos para o nosso grupo e para as nossas ópticas, sendo que o objetivo é tornarmo-nos mais fortes e melhor preparados para os desafios presentes e futuros. Foi, por isso, com grande satisfação que verificámos que as nossas ideias eram partilhadas pela grande maioria dos sócios, que compreenderam e aceitaram o projeto que lhes apresentámos, assente na continuidade de algumas ideias e iniciativas já existentes, mas com uma abordagem mais profissional e com uma dinâmica mais adequada à velocidade dos nossos tempos. É um projeto que lança novos desafios e novas metas de forma a dotar os ópticos Institutoptico das ferramentas necessárias para se manterem no mercado de forma sustentável.

OP: Qual o percurso de cada um no setor da Óptica?

Paulo Arromba: Todos nós pertencemos à segunda geração de ópticos das nossas empresas. Vivemos as mudanças das últimas décadas no setor da óptica de perto, junto daqueles que criaram as nossas empresas, bebendo da sua experiência e interiorizando que o posicionamento que melhor garante a sustentabilidade do setor é a qualidade do serviço e do atendimento. Porque demonstrámos valor, aceitámos o testemunho de quem nos precedeu para liderarmos o Institutoptico.

Toda a entrevista na ÓpticaPro 134.

10 Julho 2014
Entrevistas

PUBLICIDADE
MIDO 2022
PUBLICIDADE
jackNoble

Notícias relacionadas

“Somos muito gratos aos nossos pais pelo que construíram com tanta paixão”

Após uma ligação de vários anos com o Institutoptico, a Ofetal (cadeia de óticas de Oeiras) decidiu criar uma parceria com a concorrente Optivisão. Quatro anos após uma entrevista com os filhos dos fundadores da empresa - Raquel Cotovio e Ana e André Dominguez - quisemos saber quais os motivos da mudança e os projetos de futuro de uma empresa onde as raízes e valores familiares estão sempre presentes.

Ler mais 25 Novembro 2021
Entrevistas

“A UDM é, na verdade, um projeto que cresceu connosco”

A marca italiana Unique Design Milan, fundada por dois amigos durante o período universitário, está em processo de internacionalização. Com a representação em Portugal a cargo de Mario Torre e Rui Lopez, a sua presença no mercado português está a crescer de forma sustentada, de acordo com a sua premissa de qualidade superior, produtos feitos exclusivamente à mão. A ÓpticaPro aproveitou a primeira visita dos dois criadores da UDM a Lisboa – Stefano Romanelli e Mattia Colleoni, para perceber os seus objetivos de expansão da marca.

Ler mais 17 Novembro 2021
Entrevistas

“A vontade de crescer leva qualquer pessoa longe”

A década de 90 marca o início daquela que seria uma bela história de amor. De Lisboa para Anadia, o negócio de duas gerações cresceu a partir da Ourivesaria e deu lugar à Óptica Almeida. Com o amor veio o sucesso, e com ele nasce a Opticalia AliÓpticas em 2011. A ÓpticaPro falou com Ana Paula Cardoso, responsável pela marca, que nos guia por entre alguns dos momentos que marcam o 25º Aniversário desta ótica.

Ler mais 15 Novembro 2021
Entrevistas