Alain Afflelou alerta para a proteção extra dos olhos

Imagem da notícia: Alain Afflelou alerta para a proteção extra dos olhos

Face à atual pandemia, é preciso redobrar os cuidados a ter com os nossos olhos, quer devido ao surto de COVID-19 em si, como pelo facto de muitas pessoas estarem a trabalhar remotamente a partir de casa e com uma exposição ainda maior aos ecrãs de vários aparelhos como o computador, telemóveis ou tablets.

Em Portugal, estima-se que cerca de 5 milhões e 766 mil portugueses utilizam óculos graduados. É por isso que a Alain Afflelou, cujo diretor-geral em Portugal é Miguel Alves, reforça “a importância da desinfeção dos óculos com água e sabão neutro várias vezes ao dia. Isso garante a remoção de resíduos que se possam acumular na superfície e acaba por ajudar na prevenção. A secagem deve ser feita com o pano de microfibra”.

Em comunicado dizem também que “os usuários de lentes de contacto deverão evitar o seu uso como medida de precaução, uma vez que os materiais pelas quais são constituídas, podem ser uma fonte de retenção de micro-organismos. Todos aqueles que por alguma razão necessitam de manter a sua utilização, os cuidados de higiene devem ser redobrados. As mãos devem ser lavadas muito bem com água quente, pelo menos durante 40 segundos, antes e após a colocação das lentes ou na administração das gotas lubrificantes”.

Mais, “sabendo ainda que, durante as próximas semanas, os portugueses ao estarem em teletrabalho em casa irão passar certamente mais horas em frente aos ecrãs, a Alain Afflelou dá algumas sugestões para que possam proteger a sua saúde visual, nomeadamente: Fazer a cada 40 minutos uma pausa, olhar para um objeto mais distante e aproveitar para beber água; Reduzir o tempo em que fica concentrado em algo fixo, aliviando assim o esforço muscular do olho; Executar as tarefas em ambientes bem iluminados; No computador manter a distância de pelo menos 60 cm do ecrãs sendo que o olhar deve estar direcionado um pouco abaixo da linha do horizonte; Ao ver televisão, deve manter a distância de 2,3 vezes o valor de diagonal do ecrã e por fim deve ajustar o brilho do ecrã do telemóvel, sendo que quando é utilizado deve ser mantida uma distância de aproximadamente 30 cm dos olhos”.

Devido à situação atual de Portugal e em prol da saúde pública, a Alain Afflelou irá ter algumas lojas encerradas e outras de prevenção a cumprir serviços mínimos para auxiliar a alguma urgência dos seus clientes. 

18 Março 2020
LentesÓculos

Notícias relacionadas

Joe Doucet cria “viseira” com hastes e lentes solares

A pensar no uso prolongado de equipamentos de proteção individual, o designer Joe Doucet projetou uma "viseira" com hastes e lentes solares integradas, o que a torna mais prática e menos invasiva. E, claro, mais agradável à vista.

Ler mais 27 Maio 2020
AtualidadeÓculos