“Há 28 anos a formar técnicos de ótica ocular”

Imagem da notícia: “Há 28 anos a formar técnicos de ótica ocular”

O Curso de Ótica Ocular da Casa Pia de Lisboa é um dos poucos com níveis de empregabilidade a quase 100% em Portugal. Conheça, em entrevista à ÓpticaPro, quais foram as bases desta formação de sucesso contadas pelos três “mosqueteiros” do ensino de ótica ocular: Manuela Mingote, Rui Gomes e João Carvalho.

ÓpticaPro: Como nasceu o Curso de Técnico de Ótica Ocular na Casa Pia?

Manuela Mingote: O Curso de Ótica Ocular teve início no Colégio Nuno Álvares Pereira no ano letivo de 1990/91 por iniciativa da União Profissional dos Ópticos e Optometristas Portugueses (UPOOP), através de uma parceria estabelecida entre esta entidade e a Casa Pia de Lisboa. Ao longo destes 28 anos, sentimo-nos orgulhosos por ter formado imensos jovens aptos para o setor ótico. O objetivo do curso é dotar os nossos futuros profissionais de competências interpessoais para enfrentarem os desafios crescentes do mercado de trabalho. A Casa Pia de Lisboa sempre pautou pela formação de excelência. Atualmente, na componente de formação técnica, para além de mim, lecionam a disciplina de Preparação, Montagem e Reparações em Ótica os professores Rui Gomes e João Carvalho.

OP: O que vos diferencia do INETE?

Rui Gomes: Dei formação no INETE de 1994 a 2001 e posso dizer que aqui damos formação de excelência. A nossa componente prática é bastante superior. Temos oficinas bem apetrechadas em termos de equipamentos e docentes. Muitas óticas conceituadas preferem os nossos alunos pela prática com que acabam o curso, em relação ao INETE. Eles saem daqui muito bem preparados para trabalhar quer em óticas, quer em fábricas de lentes, ou se quiserem, via ensino superior, no curso de Optometria.

OP: O nível de exigência é muito grande para os seus alunos?

João Carvalho: Posso dizer que são muito bem treinados. Sou um professor muito exigente, justo e orgulhoso. Não é ao acaso que são muito solicitados quando terminam o curso.

Conheça a entrevista completa na edição de maio da ÓpticaPro.

7 Maio 2018
Entrevistas

`

Notícias relacionadas

Os portugueses cuidam bem dos olhos?

Fernando Tomaz destaca a importância da forte relação com os clientes como base do seu trabalho. Parceiro do programa Vision Leaders, considera fundamental, em conjunto com a Essilor, procurar as melhores e mais inovadoras soluções.

Ler mais 2 Agosto 2018
Entrevistas