Brodheim: A internacionalização “é um desígnio incontornável”

Imagem da notícia: Brodheim: A internacionalização “é um desígnio incontornável”

Um ano e meio após o Grupo Brodheim ter adquirido o controlo acionista da Optivisão, o seu administrador e diretor comercial, André Brodheim, traça as metas para o futuro da empresa e do próprio mercado ótico.

ÓpticaPro: A internacionalização da Optivisão mantém-se como uma prioridade?

André Brodheim: A internacionalização da Optivisão não é uma prioridade, mas sim um desígnio incontornável no tempo. O nosso foco está totalmente na operação atual, pois existe muito a evoluir e melhorar. Quando o nosso projeto estiver totalmente implementado e consistente em Portugal, é natural que se possa analisar o tema, mas por agora não passa de um desígnio.

OP: O Grupo Brodheim é um grupo de moda e ótica. Como analisa estes mercados em Portugal? Considera que há mais diferenças ou semelhanças entre ambos?

AB: O negócio de moda e ótica cruzam-se numa cota parte, de forma natural. Apesar disso, a Optivisão pretende que a sua atuação no mercado represente a génese da ótica, onde a melhoria da performance visual dos clientes é a prioridade. Queremos fortalecer a nossa relação com os consumidores através de um trabalho de excelência nessa área trazendo novas tecnologias e serviços adicionais para um cada vez melhor e mais rápido (ou antecipado) diagnóstico.

Conheça a entrevista completa aqui.

13 Abril 2018
Entrevistas

PUBLICIDADE
Mido 2019
PUBLICIDADE
opti 2019 | munich
`

Notícias relacionadas