“A contactologia é uma área em permanente desenvolvimento”

Imagem da notícia: “A contactologia é uma área em permanente desenvolvimento”

O número de utilizadores de lentes de contacto no nosso país está ainda muito abaixo de alguns dos países mais evoluídos. Falámos com José González-Méijome, Madalena Lira e João Linhares, os “rostos” da área de contactologia do curso de optometria na Universidade do Minho (UMinho) – e também protagonistas da nossa capa de outubro -, sobre este assunto.

“Não nos parece que seja por falta de conhecimentos e preparação, pois temos dos profissionais mais bem preparados a nível europeu e alguns dados demonstram-no, como por exemplo, a percentagem de prescrição de lentes tóricas onde vemos claramente o desenvolvimento e elevada capacidade de prescrição dos profissionais nacionais. O mesmo se verifica com a elevada e rápida adoção do material de silicone hidrogel aquando da sua apresentação. No entanto, é importante que os profissionais vejam a contactologia como uma área de permanente desenvolvimento, com desafios e oportunidades permanentes, o que leva a que o profissional deva estar também permanentemente atualizado, não só nos últimos materiais mas também nas geometrias de lentes de contacto, técnicas de adaptação e sistemas de manutenção para, de forma continuada e presencial, oferecer constantemente a melhor solução ao seu paciente garantindo uma saúde ocular e uma satisfação permanentes. Apenas com este contacto frequente e presencial se podem antecipar problemas e solucionar os que eventualmente venham a surgir”.

Entrevista completa na ÓpticaPro 161.

26 Outubro 2016
Entrevistas

PUBLICIDADE
|MIDO 2021

Notícias relacionadas

Daniela Guerreiro: “O mercado da ótica mudou bastante”

Com uma recente remodelação, a Oculista Carioca, nos arredores de Sintra, está mais atrativa e funcional. Com “um serviço de qualidade, seriedade e profissionalismo”, Daniela Guerreiro, há 16 anos na empresa fundada pelo pai, reconhece que o mercado mudou bastante desde então.

Ler mais 20 Julho 2020
Entrevistas

“Iremos colocar em prática uma forte campanha de sensibilização”

Em meados de maio, a Associação Nacional dos Ópticos (ANO) apresentou os resultados do inquérito ao subsector de comércio a retalho de material ótico, pedido ao Centro de Estudos Aplicados (CEA) da Universidade Católica Portuguesa (UCP), com o objetivo de analisar o impacto da pandemia Covid-19 nesta área. Falámos com Fernando Tomaz, presidente da direção da ANO, para conhecermos as principais conclusões do estudo e as medidas que se impõem.

Ler mais 26 Junho 2020
Entrevistas