Lente que diminui a progressão da miopia?

Imagem da notícia: Lente que diminui a progressão da miopia?

Um grupo de cientistas das Universidades do Minho e Politécnica da Catalunha e do Centro Médico Teknon de Barcelona desenvolveu uma nova lente que pode diminuir a progressão da miopia até 43%, ou seja, cerca de três a cinco dioptrias a menos.

A nova lente de contacto hidrofílica, de utilização trimestral, já está disponível no mercado por um valor que ronda os 400 euros anuais.

O que a torna diferente das outras é essencialmente “o desenho ótico”, explicou ao P3 José Manuel González-Méijome, diretor do Laboratório de Investigação em Optometria Clínica e Experimental (CEORLab) do Centro de Física da Universidade do Minho, responsável pelo processo de validação clínica da lente.

É o valor das dioptrias, colocadas no centro da lente, e a variação destas desde esse ponto central até à zona periférica que tornam possível este avanço.

Saiba mais aqui!

10 Março 2016
Atualidade

PUBLICIDADE
.....nome do evento, marca, etc.....
PUBLICIDADE
Vision Plus Expo 2021

Notícias relacionadas

“São 25 anos sempre com a missão de servir a Ergovisão”

Emídio Rodrigues é CEO do grupo Ergovisão e completou, este ano, 25 anos de carreira. Numa conversa com a ÓpticaPro, Emídio Rodrigues falou sobre a empresa, o trajeto profissional, as memórias e aprendizagens neste quarto de século de carreira, bem como da previsão para o futuro. O dia 1 de maio de 1996 marcou o início desta “história recheada de momentos”.

Ler mais 11 Junho 2021
AtualidadeEntrevistasRevista

Xperio – as lentes solares da Essilor

Rebranding, ligação emocional com os consumidores, reposicionamento da marca e novas soluções para o cliente, foram as novidades que a Essilor apresentou em formato digital para os profissionais e os media. A ÓpticaPro esteve lá e descreve-lhe algumas das novidades apresentadas.

Ler mais 11 Junho 2021
AtualidadeLentes

“Erros refrativos não compensados”, uma reflexão da Essilor

Para a Essilor “a taxa de renovação de óculos graduados é assustadoramente alongada no tempo, sendo, em Portugal, os 4/5 anos um valor perfeitamente enquadrado com a realidade”. o tema levanta dúvidas desde se “teremos a noção da alteração visual que o nosso sistema pode ter nesse período?” Perguntas que levam a respostas num artigo da grupo ótico.

Ler mais 10 Junho 2021
AtualidadeCuriosidade