“Mantemos a mesma estrutura de gestão”

Imagem da notícia: “Mantemos a mesma estrutura de gestão”

Falámos com os membros do conselho de administração da Optivisão, acerca da compra da Alain Afflelou.

ÓpticaPro: O que pode dizer-nos sobre esta operação da Alain Afflelou?
Conselho de Administração Optivisão:
Não existiu da parte da administração da Optivisão – que foi eleita por uma esmagadora maioria dos acionistas – nenhuma intenção de vender a empresa à Alain Afflelou. A operação teve a sua origem num grupo de acionistas minoritários, que não estão envolvidos na empresa, que venderam as suas ações a um comprador que vinha há alguns anos a ambicionar deter uma posição na Optivisão. Neste momento, não existe ainda um valor exato de qual será o valor despendido por parte da Alain Afflelou na aquisição do capital minoritário, mas estima-se que seja superior a um milhão de euros.

OP: Que implicações terá esta compra na estrutura da Optivisão?
CA:
A operação não tem dimensão e aquisição suficiente de ações de forma a poder vir a afetar a atual estrutura de gestão. O centro de decisão é assegurado pelo conselho de administração suportado pela posição de controlo detido desde a fundação do grupo Optivisão que é mantido por um acordo firme de entendimento existente entres as três famílias que detêm a posição maioritária e que agrega também um grupo alargado de acionistas.

Leia a entrevista completa na ÓpticaPro 147, aqui!

1 Setembro 2015
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2021

Notícias relacionadas