Inovação em Oftalmologia a partir da Península Ibérica

Imagem da notícia: Inovação em Oftalmologia a partir da Península Ibérica

Foi em Granada que se implantou pela primeira vez, no dia 18 de fevereiro, uma córnea artificial, que continha dois tipos de células humanas e um biomaterial à base de nanotecnologia.

Um dos principais entraves às cirurgias são as longas listas de espera, em que centenas de pacientes esperam, por vezes, por uma intervenção urgente que acaba por não chegar.

Resulta em danos irreversíveis, que nem com uma operação é possível depois resolver. Neste panorama inserem-se os transplantes, que necessitam de dadores, cada vez mais escassos.

Cientistas têm unido esforços para criar alternativas em laboratório, como as córneas artificiais, onde se insere esta última desenvolvida em Espanha.

Leia o artigo na íntegra na ÓpticaPro 135, aqui.

5 Agosto 2014
Atualidade

Notícias relacionadas

Fevereiro em números

Fique a conhecer as cinco notícias mais lidas no nosso site durante o mês de fevereiro de 2021, segundo dados do Google Analytics.

Ler mais 1 Março 2021
Atualidade