“Acredito que tudo é possível”

Imagem da notícia: “Acredito que tudo é possível”

Falámos com António Alves, o diretor geral da Opticalia em Portugal. Otimista por natureza, o responsável acredita que tudo é possível, nomeadamente ser líder do mercado óptico português.

ÓpticaPro: O que podemos esperar da Opticalia, nos próximos tempos?

António Alves: O objetivo da Opticalia é surpreender todos os dias com criatividade, contribuindo para que os nossos associados cheguem ao seu lugar que, por direito, é a liderança nas suas praças.

OP: Quer deixar uma mensagem a todos os seus clientes ou potenciais clientes?

AA: Sim, aos nossos clientes, que lutem todos os dias para serem os melhores nas suas praças. Aos restantes, quero reafirmar que todo o óptico é bem-vindo. Não deixem que o orgulho ou o receio vos paralise. Venham a bordo, para construirmos em conjunto algo que vos vai permitir alcançar o sucesso.

OP: O que o move, na vida e na profissão?

AA: O meu propósito de vida durante muitos anos foi desenvolver uma multinacional. Hoje, o que me move é o desenvolvimento das competências e o desenvolvimento pessoal dos ópticos tradicionais. Acredito que tudo é possível!

Saiba mais na ÓpticaPro 128.

9 Janeiro 2014
Atualidade

Notícias relacionadas

Plano de contingência: comunicado HOYA

Carlos Matos, country manager da HOYA Portugal, dirige-se a todos os clientes e profissionais do setor, no seguimento do novo confinamento geral decretado pelo Governo.

Ler mais 14 Janeiro 2021
AtualidadeLentes

Novo confinamento: óticas mantêm portas abertas

O Governo já anunciou as medidas do novo confinamento geral para um combate necessário ao avultado número de infetados com Covid-19. Na generalidade, voltam a ser aplicadas as regras do primeiro confinamento, altura em que as óticas foram consideradas serviços essenciais e puderam abrir ao público.

Ler mais 14 Janeiro 2021
Atualidade