Provas finais de ciclo e exames nacionais adaptados a invisuais

Imagem da notícia: Provas finais de ciclo e exames nacionais adaptados a invisuais

Entram em vigor já no próximo ano e pretendem melhorar as condições de alunos cegos, com baixa visão, daltónicos ou com limitações motoras severas.

Tratam-se do novo modelo de provas finais de ciclo e de exames nacionais, adaptados a estes alunos.

De acordo com o comunicado conjunto do Gabinete de Avaliação Educacional (GAVE) e do Júri Nacional de Exames (JNE), a adaptação das provas para alunos daltónicos compreende a introdução do código internacional ColorADD em “todas as provas com cor”.

“Assegurada para 2013 e para os anos seguintes” será a adaptação para os estudantes cegos que vão ter acesso a provas no formato áudio-digital DAYSY ou em alfabeto Braille.

No quer concerne aos alunos com baixa visão ou com limitações motoras severas, as avaliações serão realizadas com recurso ao computador onde o enunciado será ampliado adaptando-se às necessidades de cada um.

 

 

19 Março 2013
Atualidade

PUBLICIDADE
|MIDO 2021

Notícias relacionadas