Hoya premiada com o galardão SMAU Mob App

Imagem da notícia: Hoya premiada com o galardão SMAU Mob App

Desta vez, trata-se da aplicação Hoya Vision Consultant Viewer, mais conhecida por Realidade Aumentada, que conseguiu o prestigiado prémio SMAU Mob App na Feira italiana de Informação & Comunicações Tecnológicas em Milão (SMAU).

“Este prémio confirma a liderança da Hoya quando se trata de oferecer soluções inovadoras para as ópticas. O Hoya Vision Consultant Viewer é uma grande ferramenta para que os ópticos possam atrair clientes à sua loja e, ao mesmo tempo, cria nos consumidores uma experiência de compra positiva”, disse Anna Maria Nicolini, diretora de Marketing de Hoya Lens Itália. A aplicação Hoya Vision Consultant Viewer é a primeira aplicação que oferece a Realidade Aumentada de maneira totalmente interativa. Este sistema único de simulação de efeitos visuais permite que o cliente possa ver ao instante a diferença de rendimento entre as lentes numa situação da “vida real”.

Patrocinado por SMAU e observadores da Escola Politécnica de Negócios de Milão, os prémios Mob SMAU têm como objetivo premiar as aplicações mais inovadoras para ‘smartphones’ e ‘tablets’ no âmbito dos consumidores e das empresas.No total, 100 aplicacões de negócios de 83 empresas e criadores independentes foram nomeados em 12 categorias.

As motivações que levaram à vitória da aplicação Realidade Aumentada são “o realismo da simulação da visão, mostrando de forma transparente e verdadeira como veria com diferentes lentes”.

20 Novembro 2012
Atualidade

Notícias relacionadas

Plano de contingência: comunicado HOYA

Carlos Matos, country manager da HOYA Portugal, dirige-se a todos os clientes e profissionais do setor, no seguimento do novo confinamento geral decretado pelo Governo.

Ler mais 14 Janeiro 2021
AtualidadeLentes

Novo confinamento: óticas mantêm portas abertas

O Governo já anunciou as medidas do novo confinamento geral para um combate necessário ao avultado número de infetados com Covid-19. Na generalidade, voltam a ser aplicadas as regras do primeiro confinamento, altura em que as óticas foram consideradas serviços essenciais e puderam abrir ao público.

Ler mais 14 Janeiro 2021
Atualidade