Descriminalização não aumenta consumo de drogas

Imagem da notícia: Descriminalização não aumenta consumo de drogas

Um estudo sobre políticas, em prática pelo mundo, de descriminalização para as drogas, recentemente divulgado pela Release, instituição nacional do Reino Unido que se dedica há quatro décadas ao estudo do fenómeno, aponta Portugal, entre outros países, como exemplo de como a descriminalização não aumentou o consumo.

O estudo, disponível no ‘site’ da instituição, evidencia resultados semelhantes para um universo de 21 países que adotaram medidas a este nível.

Portugal, o primeiro a descriminalizar, em 2001, o consumo e a posse de todas as drogas ilícitas em pequenas quantidades é referenciado por alguns mais influentes ‘tink tkanks’.

 

11 Setembro 2012
Atualidade

PUBLICIDADE
Bausch Lomb
PUBLICIDADE
Silmo Paris

Notícias relacionadas

SILMO d’OR revela júri dos prémios de 2022

Jun Gobron foi nomeado júri da edição deste ano dos galardões da feira internacional. O arquitecto de interiores e designer apresenta uma perspectiva única e multicultural para continuar a escrever a história dos prémios SILMO d'Or.

Ler mais 15 Agosto 2022
AtualidadeEventos e formaçãoÓculos

Maxivisão lança aplicação móvel

O lançamento da aplicação decorreu na Poiartes, certame de Vila Nova de Poiares, e conta com novidades e campanhas com o intuito de tornar o cliente da Maxivisão “um cliente único”.

Ler mais 12 Agosto 2022
AtualidadeEventos e formação